Projeto alcança marca de 1 milhão de filhotes de tartarugas marinhas soltos no mar do RJ

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Vinte filhotes de tartaruga marinha foram soltos ontem no litoral Norte Fluminense. A ação foi realizada em comemoração a marca de 1 milhão de filhotes já soltos pelo Programa de Monitoramento de Tartarugas Marinhas do Porto do Açu, em 12 anos de atuação.

 

A soltura aconteceu na Reserva Caruara, unidade de conservação mantida pelo Açu e que protege 4 mil hectares de restinga. A região é área prioritária de desova da espécie conhecida como cabeçuda, ameaçada de extinção.

 

A comunidade está cada vez mais próxima desse compromisso de preservação das tartarugas que escolhem a região para desovar.  Criada e mantida de maneira voluntária, a reserva é a maior unidade privada em extensão no estado do Rio.

 

O programa tem a missão de identificar, proteger e monitorar os ninhos de tartarugas ao longo de 62 quilômetros do litoral Norte Fluminense, desde a desova até a liberação dos filhotes ao mar. O trabalho atende a diretrizes técnicas do Instituto Chico Mendes e do Instituto Estadual do Ambiente.

Compartilhar:

Leia Também