França tem primeiro nascimento após transplante de útero

terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

A França registrou o primeiro nascimento de um bebê nascido após um transplante de útero. O nascimento ocorreu na sexta-feira, dia 12, em Paris.

 

O transplante foi necessário porque a jovem nasceu sem útero e sofre da síndrome de Rokitanksky, doença que afeta uma em cada 4500 mulheres ao nascer. O bebê, uma menina de 1kl 845 gramas, e a mãe passam bem.

 

A mãe de 36 anos havia sido submetida a um transplante de útero em março de 2019, o primeiro em território francês, com útero de uma doadora viva.

 

Antes a única alternativa para essas pacientes era a barriga de aluguel, que é proibida na França, ou a adoção. Porém, este não é o primeiro caso deste tipo. O primeiro nascimento após um transplante de útero aconteceu na Suécia, em 2014.

Compartilhar: