4,8 mil ônibus podem ser reutilizados como hospitais móveis

quarta-feira, 03 de junho de 2020

Projeto cria o Ônibus de Saúde Imediata, um projeto que envolve arquitetos e alunos da USP, com consultoria de profissionais do Hospital São Paulo.

 

A ideia é que, com a diminuição da ida a hospitais, as pessoas tenham uma nova opção básica de saúde para aliviar o sistema e oferecer um espaço seguro onde pacientes com outros problemas possam ir sem medo de se contaminar.

 

O ônibus de saúde  será um equipamento de atendimento primário, móvel e modular, de rápida implantação e grande alcance. O projeto prevê o re-uso de até 4.800 veículos de transporte coletivo, recentemente retirados da frota da cidade de São Paulo.

 

Para isso, haverá uma adaptação de seu espaço interno para uso clínico, com foco em telemedicina, permitindo uma maior flexibilidade e menor custo de operação. Esta é uma iniciativa interessante, não só pela questão da saúde, mas também do emprego do reaproveitamento de materiais e de sustentabilidade

Compartilhar:

Leia Também