Pesquisa mostra que 50% da população adulta de São Paulo já tem anticorpos contra coronavírus

sexta-feira, 11 de junho de 2021

Uma pesquisa realizada em domicílios de São Paulo, entre o final de abril e o início de maio, revela que 41,6% da população adulta da capital já desenvolveu anticorpos contra o coronavírus de forma espontânea.

 

Com o início da vacinação, somam-se aos dados os pacientes com resposta imunológica ao vírus e, com isso, a taxa sobe para 51,1%. Em comparação com os dados da Prefeitura de São Paulo, são aproximadamente 2 milhões de pessoas com anticorpos a mais que o dado oficial.

 

O levantamento feito pela USP, Unifesp, Grupo Fleury e o Ipec – Inteligência em Pesquisa e Consultoria conclui que aproximadamente 3,5 milhões de pessoas já se infectaram com a doença na capital e desenvolveram algum anticorpo contra o coronavírus.

 

A pesquisa começou em abril do ano passado e funciona bimestralmente, coletando sangue voluntário de moradores da capital paulista. Há dois grupos de análise: os que adquiriram anticorpos a partir do contato natural com o vírus e os que tiveram resposta imunológica a partir da vacina.

Compartilhar:

Leia Também