Ação implanta cozinhas comunitárias

terça-feira, 08 de março de 2022

Entre tantos projetos que surgiram durante a pandemia está o “Unidos do Bem”, em São Paulo. O projeto teve início em 2020 e começou distribuindo 50 refeições, se aproveitando de equipamentos de um buffet, que estavam parados.

 

O fundador do “Unidos do Bem” é Carlos Kaufman, que decidiu montar uma frene de combate à fome ao ver a despensa e geladeiras de seu negócio lotadas de insumos para os eventos, que acabaram sendo adiados.

 

Com a infraestrutura já montada, o projeto conseguiu manter os funcionários ativos e ganhou apoio de terceiros. Atualmente, o grupo distribui cerca de 2 mil e 400 refeições diariamente, com recursos que vem de doações e leilões virtuais de itens doados.

 

O projeto criou também cinco cozinhas comunitárias, onde treina a população em vulnerabilidade com técnicas de gastronomia, com a intenção de preparar as pessoas para o mercado de trabalho. Já são cinco unidades de aprendizagem na capital paulista.

Compartilhar:

Leia Também