Adesivo de mel para diabéticos regenera pele em 21 dias: gratuito

terça-feira, 20 de outubro de 2020

Cientistas desenvolveram um adesivo feito à base de mel para regenerar a pele de pessoas diabéticas que têm feridas nos pés e nas pernas.

 

 

O adesivo foi criado por pesquisadores no México, que aplicam um mel virgem e um remendo feito de cera de colmeia.

 

 

O tratamento tem sido benéfico em pacientes que iam ter os pés amputados devido a feridas infectadas. A pesquisa é do médico Armando Mendes, que conta que tem contato com o mel desde criança e junto a seus alunos realizaram estudos sobre as propriedades curativas do mel.

 

 

O tratamento, totalmente gratuito, foi testado em um grupo de 15 pacientes, entre 14 e 21 dias. As feridas de seis pessoas cicatrizaram completamente. Outras oito continuaram no processo e observaram melhora. E um idoso desistiu porque não havia quem o levasse para fazer os curativos.

Compartilhar:

Leia Também