Total de agentes autônomos de investimento no Brasil cresce mais de 50% em um ano

quarta-feira, 25 de agosto de 2021

Ao mesmo tempo em que os investidores pessoas físicas se multiplicaram no mercado brasileiro, os profissionais responsáveis por captar esses clientes, oferecer produtos e auxiliar nas operações também cresceram.

 

Segundo dados da Ancord – Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras, em junho, o país tinha mais de 12 mil agentes autônomos de investimentos, 51% a mais em relação ao mesmo período do ano passado.

 

Os dados se referem a pessoas físicas, vinculadas a uma alguma instituição financeira, especialmente corretoras de valores. Além do crescimento mais acelerado, os agentes autônomos são hoje profissionais cada vez mais qualificados.

 

Para realizar a prova da Ancord, necessária para a certificação na profissão, basta apresentar o diploma de Ensino Médio. Porém, apenas 2% dos cadastros são deste nível de escolaridade. A maioria dos novos cadastrados tem ensino superior completo ou pós-graduação.

Compartilhar:

Leia Também