Agricultores doam 900 hectares de terras para preservação na Nova Zelândia

terça-feira, 06 de abril de 2021

Nos dias atuais, a pauta ambiental se tornou debate constante e bons exemplos percorrem o mundo. Desta vez, a boa notícia vem da Nova Zelândia, onde uma família de agricultores doou 900 hectares de terras para conservação.

 

Os proprietários da reserva rejeitaram inúmeras propostas de incorporadoras estrangeiras, o que causaria danos ambientais gigantes ao local. Então, decidiram doar a propriedade para a Fundação Nacional Rainha Elizabeth, fundo de caridade administrado pelo governo.

 

O espaço, equivalente a 1.681 campos de futebol, está localizado em uma região cercada por montanhas.  A área hoje é patrimônio da população da Nova Zelândia, que terá livre acesso aos milhares de quilômetros de paisagens com alto valor em biodiversidade.

 

O amplo terreno ficará aberto para o público em 2022 e funcionará como área multifuncional de preservação ambiental. A doação proteja a biodiversidade e promove uma conexão com a natureza.

Compartilhar:

Leia Também