Agro usa tecnologia enviada a Marte para tratar o solo

sexta-feira, 10 de setembro de 2021

O Brasil vem inovando e é o primeiro país que faz um mapeamento do solo utilizando lasers. Esse tipo de análise é feito por meio da mesma tecnologia utilizada pela NASA em seus robôs para explorar Marte.

 

O equipamento é feito a partir de uma plataforma de inteligência artificial e o uso para agricultura foi desenvolvido pela Embrapa Instrumentação, em São Carlos, e é usado pela startup Agrorobótica.

 

O solo é coletado pelas equipes de trabalho e a amostra é georreferenciada no campo usando o aplicativo que demonstra latitude e longitude da área. A amostra segue para o laboratório, em São Carlos, onde é transformada em pastilha, ficando parecida com os pigmentos da maquiagem quando ainda na embalagem.

 

Já dentro do tomógrafo de solos, a pastilha é atingida por um laser de 10 mil kelvins, temperatura próxima a do Sol. Após passar por todo processo, os cientistas separam os elementos que são nutrientes para as plantas e identificam a quantidade deles. Além de ajudar o produtor a usar a agricultura de precisão, a empresa busca otimizar o sequestro de carbono pelo solo.

Compartilhar:

Leia Também