Alzheimer: cientistas descobrem droga que pode rejuvenescer cérebro

sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

Cientistas da Universidade de San Francisco, na Califórnia, Estados Unidos, descobriram uma droga experimental capaz de reverter problemas na memória causados pelo envelhecimento.

 

O estudo mostra que a droga ISRIB pode oferecer uma rápida restauração das habilidades cognitivas. Os experimentos, feitos em laboratório, conseguiram um rejuvenescimento do cérebro e das células imunológicas.

 

Os pesquisadores acreditam que perdas cognitivas, que afetam a memória por conta da idade, não são permanentes e podem ser restauradas.

 

O estudo conclui que o cérebro envelhecido bloqueia recursos cognitivos por um possível ciclo vicioso de estresse celular. Além disso, também encontrou uma maneira de quebrar o ciclo e restaurar as habilidades do cérebro bloqueadas pela idade.

 

Eles também descobriram que a droga proporcionou alterações nas células T do sistema imunológico, indicando que pode ter implicações para doenças de Alzheimer e diabetes, que têm sido associadas ao aumento da inflamação causada por um sistema imunológico em envelhecimento.

Compartilhar:

Leia Também