Ampliado banco de perfis genéticos para reforçar solução de crimes

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

O Banco Nacional de Perfis Genéticos permite agilizar a solução de crimes em todo o País. Neste ano a coleta foi ampliada e o número chega a 67 mil perfis genéticos de criminosos condenados. O número superou a meta estabelecida, que era de 65 mil. Do total de material coletado, 55 mil perfis já estão cadastrados.

 

A tecnologia de exames de DNA e bancos de perfis genéticos é utilizada em todos os países desenvolvidos e permite, além de identificar culpados de crimes por meio da comparação de material genético, provar a inocência de pessoas que estejam sendo acusadas injustamente.

Compartilhar: