Anvisa prorroga por 1 ano uso emergencial de vacinas contra a covid

quarta-feira, 25 de maio de 2022

A Anvissa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária – decidiu pela prorrogação por 1 ano da validade das autorizações de uso emergencial de medicamentos e vacinas contra a covid.  Nesse prazo, as empresas terão que pedir o registro sanitário definitivo.

 

Com a resolução aprovada, a Anvisa pretende manter o padrão atual no fornecimento de vacinas e medicamentos contra a doença. A autorização se deu com a necessidade de uma resposta rápida ao contágio da covid e aumento no número de casos e mortes no país.

 

A decisão da agência foi necessária, uma vez que as autorizações de uso emergencial perderam a validade com o fim da Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional. Três vacinas já têm registros definitivos aprovados: da Pfizer, da Johnson e da AstraZeneca.

 

A resolução trouxe algumas mudanças para os novos pedidos de autorização de uso emergencial. Agora surge a necessidade de os fabricantes terem Certificado de Boas Práticas de Fabricação emitido pela Anvisa. Eventos adversos graves também devem ser informados em até 72 horas da ocorrência.

Compartilhar:

Leia Também