Aplicativo de jogos monitora a saúde de idosos em isolamento na pandemia

sexta-feira, 03 de julho de 2020

Um aplicativo de jogos para idosos, criado para treinar as habilidades cognitivas, como memória e raciocínio, e de melhorar o condicionamento físico, ganhará uma nova funcionalidade.

O programa será utilizado para monitorar a saúde dos usuários em isolamento social. A ideia é que por meio de uma pulseira ou relógio conectados ao aplicativo seja possível registrar os batimentos cardíacos e o número de passos dados em casa pelo usuário.

A partir do histórico de dados, o aplicativo – batizado de Cérebro Ativo, vai gerar um relatório que poderá ser enviado ao médico ou familiares. Todos os processos do aplicativo serão baseados em conceitos do modelo biopsicossocial, que estuda a causa ou o progresso de doenças a partir de fatores biológicos, psicológicos e sociais.

O projeto foi um dos seis primeiros selecionados em edital lançado pela Fapesp – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – para apoiar o desenvolvimento de produtos, serviços ou processos criados por startups e pequenas empresas de base tecnológica voltados ao combate da covid-19.

Compartilhar:

Leia Também