Aprovada 1ª ressonância magnética portátil: 20 vezes mais barata

quinta-feira, 11 de junho de 2020

Acaba de ser aprovada a primeira máquina portátil de ressonância magnética do mundo – um alívio para quem tem claustrofobia e não consegue ficar naquele túnel frio, apertado e barulhento.

O aparelho inovador, aprovado pelo FDA – agência que controla alimentos e remédios nos EUA – é 20 vezes mais barato que os sistemas atuais.

O dispositivo pode ser transportado para a cabeceira da cama do paciente e conectado diretamente a uma tomada elétrica padrão. É controlado usando um tablet sem fio.
O sistema pesa menos que os sistemas convencionais de ressonância magnética e consome menos energia, além de obter de maneira prática e segura imagens cerebrais precisas do paciente.

O dispositivo também pode ajudar bastante em áreas rurais e em vilarejos remotos do mundo, onde é difícil obter uma ressonância magnética.

Compartilhar:

Leia Também