Assistir a esporte ajuda a reduzir risco de depressão, diz estudo

terça-feira, 24 de agosto de 2021

Estudo inédito mostra que assistir a esportes, ao vivo ou pela televisão, é um desses hábitos que ajudam a reduzir os sintomas de depressão entre idosos.

 

O trabalho faz parte do Estudo de Avaliação Gerontológica do Japão, que realiza pesquisas de acompanhamento sobre as condições de saúde de idosos.

 

Assistir a esportes é uma atividade positiva que promove emoção e diversão, ao mesmo tempo que tem efeito na socialização, como fomentar a interação com a comunidade e fortalecer as redes sociais.

 

Foram analisados mais de 21 mil questionários que haviam sido enviados em 2019 e 2020 a pessoas com mais de 65 anos, residentes em 60 cidades, vilas e aldeias do país.

Os níveis de depressão foram medidos por meio de um conjunto de 15 questões direcionadas aos idosos.

 

As perguntas avaliavam se eles estavam contentes com suas vidas e se sentiam angustiados.  Os autores do estudo concluíram que os sintomas depressivos podem ser aliviados por meio da excitação e felicidade induzida ao acompanhar o desempenho de atletas profissionais em um ambiente de estádio, que difere da vida cotidiana.

 

Os mesmos benefícios foram observados mesmo com atividades locais. De acordo com o estudo, é bem possível que torcer por jogadores que são amigos ou familiares provoque a mesma felicidade, apesar da competitividade ser relativamente baixa.

Compartilhar:

Leia Também