Pela primeira vez, astrônomos detectam assinatura de campo magnético em um exoplaneta

segunda-feira, 10 de janeiro de 2022

Pesquisadores identificaram a primeira assinatura de um campo magnético em torno de um planeta fora do nosso sistema solar, usando dados do telescópio espacial Hubble.

 

Assim como o campo magnético da Terra atua como um escudo contra as partículas energéticas do Sol, que compõem os ventos solares, funções semelhantes podem ser desempenhadas por campos magnéticos de exoplanetas.

 

A equipe observou essa assinatura em um planeta do tamanho de Netuno que fica a 123 anos-luz da Terra. As observações foram feitas no espectro de luz ultravioleta, que está além do que o olho humano consegue ver.

 

Como os campos magnéticos desempenham um papel crucial na proteção das atmosferas planetárias, visualizar sua assinatura em um exoplaneta é um passo significativo para entender melhor como esses mundos de outros sistemas solares se parecem.

Compartilhar:

Leia Também