Consumo de azeite reduz risco de morrer por doenças do coração, diz estudo

sábado, 22 de janeiro de 2022

Reduzir o consumo de óleo, como o de soja, e evitar manteiga na hora de preparar alimentos, substituindo por azeite, pode trazer muitos benefícios, incluindo uma redução nas chances de morte em decorrência de doenças cardíacas.

 

A descoberta é de um estudo conduzido pela Escola Americana de Cardiologia. Para realizar a pesquisa, os cientistas utilizaram dados de mais de 90 mil pessoas inscritas em programas de saúde e aplicaram questionários para esses participantes sobre suas dietas.

 

As avaliações ocorreram a cada quatro anos e todos informam o consumo de azeite, óleo e outros produtos como molhos de salada em suas refeições. Essas descobertas apoiam as recomendações dietéticas atuais para aumentar a ingestão de azeite e outros óleos vegetais insaturados.

 

A conclusão indica que aqueles que consumiram mais azeite tiveram um risco quase 30% menor de mortalidade neurodegenerativa, um risco 19% menor de mortalidade relacionada a doenças cardíacas e um risco 17% menor de mortalidade por câncer.

Compartilhar:

Leia Também