Bactérias da folha da laranja podem reduzir impacto de agrotóxicos na natureza

segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Pesquisadores brasileiros estudam bactérias extraídas da superfície das folhas da laranja para achar alternativas ao uso dos agrotóxicos.

 

 

Eles descobriram que esses microrganismos produzem enzimas capazes de biodegradar dois pesticidas muito utilizados na agricultura brasileira e com potencial de serem utilizadas em breve pelos agricultores.

 

 

Para comprovar a teoria, eles realizaram inúmeros testes no Laboratório de Química Orgânica da USP, com folhas de laranja colocadas em frascos que continham pequenas amostras dos agroquímicos.

 

 

O resultado é que, após cinco dias de experimentos, uma das bactérias conseguiu biodegradar 93%, enquanto a outra eliminou 88% do agrotóxico. Foram reações de biodegradação dos pesticidas, mostrando potencial para eliminar tais agentes tóxicos lançados no meio

Compartilhar:

Leia Também