Bafômetros podem tornar os testes de covid mais rápidos e acessíveis

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Cientistas americanos avaliam um teste mais rápido e menos invasivo para ser utilizado no futuro. Eles querem usar um bafômetro para detectar a presença do novo coronavírus no organismo.

Para esses pesquisadores, o bafômetro não precisa de reagentes ou de processamento laboratorial. Isso significa que o resultado do teste sairia muito mais rapidamente, em apenas 15 segundos e pode ser lido no próprio aparelho.

Agora, com um protótipo de bafômetro que usa sensores de cerâmica, compostos orgânicos voláteis podem ser detectados imediamente na respiração de uma pessoa. Esses compostos podem agir como biomarcadores para covid-19.

O dispositivo já vem sendo testado para detectar a gripe. Esse tipo de teste não é invasivo e pode ser usado em qualquer lugar.  Ou seja, a grande mudança é poder monitorar a pessoa doente diariamente para saber se ainda tem o vírus no organismo.

 

Compartilhar: