Bagaço de cana-de-açúcar é capaz de descontaminar água

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

O bagaço da cana-de-açúcar, um dos principais resíduos da agroindústria brasileira, se mostra promissor para descontaminação de água com concentração de íons metálicos potencialmente tóxicos.

 

Na pesquisa, um grupo brasileiro desenvolveu um compósito de bagaço, que é um resíduo de biomassa proveniente do processamento da cana pelas usinas de etanol e de açúcar. Com nanopartículas de magnetita sintéticas, o material apresenta propriedades adsorventes e magnéticas.

 

O resultado é um produto eficiente na remoção de diferentes espécies químicas contaminantes. Após a remoção desses elementos poluentes, o material é retirado do meio aquoso pela ação de um ímã, deixando a água limpa.

 

O estudo faz parte de uma série de outros trabalhos desenvolvidos na Universidade Federal de São Carlos, usando biomassas como biossorventes, alternativa para a descontaminação de ambientes aquáticos. Os bons resultados podem ajudar a sanar um grande problema mundial, é que a falta água potável e saneamento adequado.

Compartilhar:

Leia Também