Banco Central libera agendamento de cobrança com uso de QR Code a partir de julho

quarta-feira, 28 de abril de 2021

A partir de julho, o PIX permitirá o uso de QR Code para agendar cobranças e pagamentos de contas em data futura.

 

Segundo o Banco Central, haverá ainda um período de transição, entre 14 de maio e 30 de junho.

 

No caso, os bancos terão que possibilitar aos clientes, no mínimo, a leitura e o pagamento na data da leitura do QR Code, com todos os encargos e abatimentos calculados corretamente.

 

Esse é um período transitório, que dá às instituições um tempo adicional para finalizar as adequações nos sistemas. A partir de 1º de julho todos os participantes precisam ser capazes de fazer a leitura do código e possibilitar o pagamento para data futura.

 

O Banco Central informou ainda que, a partir de setembro, será permitido agendar transferências de recursos, para uma data futura, que não esteja relacionada com o pagamento de boletos ou contas.

Compartilhar:

Leia Também