Biofábrica do Método Wolbachia é inaugurada em Campo Grande

domingo, 13 de dezembro de 2020

A biofábrica do Método Wolbachia foi inaugura em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Esta é uma parceria da WMP Brasil e da Fundação Oswaldo Cruz.

 

A biofábrica vai viabilizar a produção de mosquitos Aedes aegypti com Wolbachia para atender a capital sul mato-grossense. Quando presente no inseto, a bactéria impede que os vírus da dengue, zika, chikungunya e febre amarela se desenvolva.

 

Esse é um método sustentável que contribui para a redução das doenças. Ao invés de matar os mosquitos, a técnica impede a procriação.

 

O Método Wolbachia tem eficácia comprovada. Um Estudo Clínico Controlado, feito na Indonésia, aponta uma redução de 77% na incidência de dengue em áreas tratadas com esta técnia em comparação com áreas não tratadas. No Brasil, dados preliminares observacionais apontam redução de 75% dos casos de chikungunya em Niterói.

Compartilhar:

Leia Também