Brasil é escolhido pela OMS para sediar centro de transferência tecnológica de vacinas

sexta-feira, 17 de dezembro de 2021

O Brasil é um dos países escolhidos pela Organização Mundial da Saúde para abrigar o centro de transferência de tecnologia relacionadas a vacinas, em especial as de RNA mensageiro.

 

Segundo nota, o governo brasileiro favorece a transferência de tecnologia para países em desenvolvimento, em particular América Latina e Caribe. Por isso, manifestou interesse em participar desse processo.

 

O Instituto de Tecnologia Bio-Manguinhos, da Fiocruz, abrigará o centro no país graças a sua capacidade de produção de imunizantes. O laboratório exporta vacina de febre amarela para mais de 70 países, por meio de parceria com a OMS e Unicef.

 

Com a seleção do Brasil como hub regional na produção de vacinas é valorizada a capacidade produtiva do complexo econômico-industrial, além de competência técnica e ambiente regulatório seguro.

Compartilhar:

Leia Também