Brasil leva 5 medalhas de ouro na Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica

quinta-feira, 18 de novembro de 2021

A delegação brasileira conquistou cinco medalhas de ouro na 13ª Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica. O marco é inédito na história do país na competição. A competição teve a participação de 16 países 74 representantes no total.

 

Além das medalhas douradas, representantes brasileiros também ganharam melhor prova teórica individual, melhor prova observacional, melhor prova teórica por equipes multinacionais e melhor prova de foguetes simulados por equipes multinacionais – outro feito inédito.

 

A competição ficou sob responsabilidade do Peru e aconteceu digitalmente de 25 de outubro a 10 de novembro. O Brasil foi representado por uma equipe de dois professores e cinco estudantes, todos premiados com medalha de ouro, além de prêmios individuais por categoria.

 

Para se classificarem para a competição latino-americana, os estudantes brasileiros ganharam a medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica 2021, passaram por um processo pré-seletivo feito com provas online e participaram de um rigoroso treinamento, também seletivo, de maio a agosto deste ano, com professores e astrônomos profissionais de diversas instituições.

Compartilhar:

Leia Também