Brasil precisa integrar suas pesquisas sobre oceanos, diz estudo

quinta-feira, 29 de julho de 2021

A Academia Brasileira de Ciências lançou um documento elaborado por um grupo de cientistas nacionais em defesa dos oceanos.

 

O texto reúne orientações para o Brasil cumprir metas estabelecidas pela ONU para a “Década da Ciência Oceânica”, iniciada este ano.

 

O documento levanta os principais desafios e dificuldade que o Brasil tem hoje para contribuir com o esforço internacional de soluções para diminuir a degradação dos oceanos no mundo. Entre eles está a regulamentação da exploração de recursos marinhos.

 

A Academia Brasileira de Ciências vai monitorar as ações do Brasil ao longo da década da Ciência Oceânica, que vai até 2030, e pretende levar os problemas identificados aos gestores e tomadores de decisão do país.

Compartilhar:

Leia Também