Brasil tem a menor taxa de rejeição à vacina da Covid na América Latina

quarta-feira, 08 de dezembro de 2021

Uma pesquisa – feita em parceria entre o Banco Mundial e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – mostra que o Brasil é o país da América Latina com menor taxa de rejeição à vacina da Covid-19.

 

Os dados da segunda fase do levantamento foram apresentados no final de novembro em Washington, Estados Unidos. A amostra recolheu depoimentos em 24 países. No Brasil, a hesitação da população à vacina está em 8%, o que é menos da metade da média.

 

Hoje, os registros mostram que 51% dos latino-americanos estão imunizados contra a covid, enquanto no Brasil, o percentual ultrapassa os 80%.

 

Especialistas em saúde pública concluíram que essa adesão acontece devido a nossa cultura de imunização, alimentada por anos em campanhas massivas de vacinação promovidas.

 

Além disso, há fator social, com auxílios financeiros e escolas e creches públicas exigindo a vacinação para garantir o benefício e as vagas.

Compartilhar:

Leia Também