33,2% do território brasileiro têm preservação da vegetação nativa pelo agronegócio

sexta-feira, 05 de novembro de 2021

As áreas de preservação da vegetação nativa pelo agronegócio representam 33,2% do território brasileiro. São 282,8 milhões de hectares conservados no campo.

 

A informação é da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, a Embrapa Territorial, que cruzou as coordenadas geográficas de mais de 5 milhões de estabelecimentos agropecuários do Censo 2017 com os perímetros de cerca de 6 milhões de imóveis registrados até fevereiro de 2021.

 

Os registros são feitos através do CAR, um documento público eletrônico criado em 2012 pelo Código Florestal que reúne informações ambientais das propriedades, como a situação das Áreas de Preservação Permanente, das áreas de Reserva Legal, entre outras. Ele é obrigatório para todos os imóveis rurais.

 

A pesquisa estima que as propriedades não cadastradas possuem cerca de 55 milhões de hectares de áreas dedicadas à preservação, o que representa 6,5% do território nacional. Os 26,7% restantes são de propriedades mapeadas até fevereiro. As duas áreas somadas formam um terço do território brasileiro protegido.

Compartilhar:

Leia Também