Brasileiro adapta técnica gratuita que reduz câncer de fígado em 80%

terça-feira, 03 de dezembro de 2019

Médicos do Hospital das Clínicas de Botucatu, no interior de São Paulo, conseguiram desenvolver uma técnica capaz de reduzir tumores do câncer de fígado em 80%. Eles adaptaram um tratamento inovador chamado radio embolização – que custa em torno de R$ 40 mil em hospital particular – e fizeram a versão brasileira. É a primeira vez que um hospital público realizou o procedimento de forma totalmente gratuita, com bons resultados.

 

O HC de Botucatu decidiu utilizar o iodo no lugar do radiofármaco importado. Ele é incorporado às moléculas de um óleo de papoula, que fica grudado no tumor, e assim o componente radioativo fique somente no nódulo maligno.

 

Assim, o tratamento pôde ser feito de forma mais barata. O primeiro paciente do método é um senhor que teve 80% do tumor reduzido após o procedimento. Segundo o hospital, a radio embolização não cura o câncer, mas reduz consideravelmente o tamanho do tumor e evita que ele cause mais danos ao paciente.

Compartilhar:

Leia Também