Brasileiro cria sensor que mede pressão dentro da cabeça

terça-feira, 22 de setembro de 2020

Físico brasileiro desenvolve um método que permite o monitoramento da pressão dentro do crânio utilizando sensores. O método não precisa fazer o tradicional furo na cabeça, em um procedimento conhecido como craniotomia.

A nova tecnologia é resultado de anos de pesquisa lideradas pelo físico Sérgio Mascarenhas e que já recebeu certificação tanto da Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, quanto do FDA, entidade que administra alimentos e medicamentos nos Estados Unidos.

Para fazer a medição, um sensor é encostado na cabeça do paciente como se fosse um cinto e capta as informações que são enviadas para um aparelho móvel, em forma de curva da pressão intracraniana.

A análise permite detectar a existência de problemas neurológicos e definir diagnóstico, ajudando em casos de hidrocefalia, AVC, hipertensão e outras doenças.  

Compartilhar:

Leia Também