Brasileiro vence “Oscar da ecologia” com projeto sobre botos

quarta-feira, 21 de julho de 2021

O biólogo brasileiro Pedro Fruet, de 40 anos, está entre os sete ganhadores do prêmio Whitley Awards 2021, conhecido como o Oscar da Ecologia.

 

Ele desenvolveu um trabalho que promove a preservação de botos, ameaçados pela pesca em Rio Grande, região sul do Rio Grande do Sul.

 

O prêmio equivalente a R$ 300 mil e será investido para aumentar o alcance do projeto no estado. A meta do vencedor é diminuir em 40% o índice de mortalidade dos animais nos próximos cinco anos.

 

O trabalho do biólogo teve início em 2007, quando ajudou a fundar a ONG Kaosa, que abriga botos que vivem na região.

O projeto que rendeu o prémio prevê treinar 50 pessoas para disseminar informações sobre a preservação dos botos, espécie ameaçada de extinção.

Compartilhar:

Leia Também