47% dos brasileiros têm comprado mais online desde o início da pandemia, mostra Ipsos

terça-feira, 02 de março de 2021

A crise do novo coronavírus, e o consequente isolamento social a nível global, trouxeram mudanças significativas nos hábitos de consumo da população.

 

Pesquisa avalia o impacto econômico da pandemia e o consequente isolamento social no mundo. E o resultado demonstra que, além dos cuidados básicos, ocorreram muitas mudanças nos hábitos de consumo da população.

 

Com entrevistas realizadas em 28 países, 47% dos brasileiros têm feito mais compras online do que faziam antes da pandemia. No mundo todo, são 43%. O ranking é liderado pelo Chile, Reino Unido, Turquia e Coreia do Sul.

 

O perfil que mais aderiu às compras online, além de ser de alta renda, é também majoritariamente feminino e jovem. De todas as participantes do estudo, 45% estão comprando mais pela internet, contra 41% dos homens.

 

Além disso, 45% dos entrevistados com menos de 35 anos aumentaram o consumo online na pandemia, contra 40% entre os mais velhos, de 50 a 74 anos.

 

No que diz respeito aos hábitos de compra, o brasileiro tem evitado frequentar lojas locais mais do que a média das nações. Assim como a ida às lojas físicas, o brasileiro também tem evitado comer fora.

Compartilhar:

Leia Também