Criada caderneta do SUS para pessoas com doenças raras

sexta-feira, 11 de março de 2022

A Cerimônia para celebrar o Dia Mundial das Doenças Raras aconteceu no início do mês. Durante o evento, foi lançada a Caderneta do Raro, documento que vai ajudar pacientes e familiares que buscam por diagnóstico e tratamento especializado para doenças raras através do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

No Brasil, são mais de 7 mil doenças raras identificadas e, com a nova caderneta, cerca de 13 milhões de pessoas terão acompanhamento médico mais direcionado e conseguirão atendimento especializado pelo SUS.

 

Além disso, a caderneta ainda conterá os principais sinais de alerta e sintomas, dados importantes para o acompanhamento, dicas de qualidade de vida, informações sobre o acesso a equipamentos e programas sociais.

 

O Ministério da Saúde recomenda ainda que a caderneta acompanhe esse público em serviços de saúde, viagens, sistema educacional e serviços de assistência social.

Compartilhar:

Leia Também