Campanha foca em conversa com família para aumentar doação de órgãos

segunda-feira, 04 de outubro de 2021

O Ministério da Saúde lançou uma nova campanha para incentivar a doação de órgãos. Neste ano, as peças publicitárias foram produzidas para estimular quem deseja doar a conversar com seus familiares.

 

Isso porque, pela legislação brasileira, não adianta deixar expresso em documento, ou mesmo registrado em cartório, o desejo de realizar a doação de órgãos, pois a palavra final caberá sempre aos parentes.

 

De acordo com dados, em 2020, o índice de recusa à doação de órgãos pela família ficou em 37,8%. O índice vem apresentando ligeira redução ano a ano.

 

Outro ponto trabalhado pela pasta é a necessidade de aprimorar a capacitação dos profissionais de saúde responsáveis por abordar as famílias ainda dentro das unidades hospitalares.

Compartilhar:

Leia Também