Canabidiol protege neurônios

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022

Um novo estudo comprovou que o canabidiol protege neurônios contra o envelhecimento e, com isso, pode ser a chave para prevenir doenças neurodegenerativas. A pesquisa, realizada na Califórnia, Estados Unidos, comprovou que o CNB não é psicoativo.

 

O composto protege as células cerebrais do estresse oxidativo e da morte celular – dois dos principais contribuintes para a doença de Alzheimer. Os estudos sobre a cannabis medicinal se concentraram nas substâncias ativas do cannabis – THC e CBD.

 

Antes haviam sido encontradas as propriedades neuroprotetoras. Agora eles descobriram o mecanismo para interromper um tipo de morte celular. Em experimentos, as células nervosas foram tratadas antes que o dano oxidativo fosse estimulado.

 

Em neurônios danificados, a oxidação fez com que eles se enrolassem como rosquinhas; já em células com o CNB tiveram sua forma saudável e funcionando bem. O estudo tem implicações para uma série de doenças neurodegenerativas, como Parkinson.

Compartilhar:

Leia Também