Carne artificial impressa em 3D

quinta-feira, 25 de março de 2021

Startup israelense investe em carne, mas não a que conhecemos, mas sim uma carne cultivada em laboratório a partir de células isoladas de vacas.

 

A tecnologia utiliza uma plataforma 3D para imprimir vários tipos de células vivas reais e formar, a partir delas, um tecido complexo, que resulta em um produto final com textura, sabor e estrutura de carne de criação convencional.

 

O primeiro bife livre de abate e cultivado a partir de células animais foi lançado no final de 2018. Em outubro de 2020, foi anunciado um programa projetado para levar adiante a visão da empresa para o avanço da segurança alimentar.

 

Os defensores de produtos de carne cultivados a partir de células afirmam que a produção de mais proteína por meio deste método ajudará a aliviar parte da pressão que a produção convencional de carne bovina exerce sobre o meio ambiente. O primeiro ponto é mitigar algumas preocupações e a principal delas diz respeito ao bem-estar animal.

Compartilhar:

Leia Também