Cartas do século 17 são traduzidas do tupi pela 1ª vez na história

quarta-feira, 17 de novembro de 2021

O professor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da USP, Eduardo Navarro concluiu a tradução de seis cartas em tupi trocadas entre indígenas no século 17 durante a invasão holandesa no Nordeste.

 

Este é o primeiro documento da história escrito em tupi por e para indígenas traduzido para o português. A tradução de Navarro deve ser publicada em breve pelo Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, de Belém, no Pará.

 

Esta é a primeira vez que pesquisadores conseguem traduzir essas correspondências, que são estudadas desde o século 19. O idioma tupi era só falado, e, os jesuítas criaram a representação escrita. Por isso, não são comuns os documentos escritos redigidos pelos próprios indígenas.

 

As cartas revelam diálogos de homens que lutavam entre si durante uma guerra religiosa travada entre portugueses e holandeses, conhecida como Insurreição Pernambucana.

 

Quase todos os documentos do período colonial foram escritos pelos “vencedores”, no caso os colonizadores do Brasil, e, esses são os únicos textos conhecidos em tupi trocados pelos “vencidos”, os indígenas, nesta época.

Compartilhar: