Centro da Unicamp produzirá enzimas para teste de saliva para COVID-19

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

O Centro de Química Medicinal, da Unicamp, junto a outros órgãos de pesquisa e de genômica, assinou um acordo para o aperfeiçoamento do teste de saliva para COVID-19. 

 

 

Na Unicamp serão desenvolvidos dois reagentes-chave do teste que são importados. A expectativa é ampliar a disponibilidade desses componentes essenciais para a autonomia do país na produção dos testes.

 

 

O novo teste molecular, denominado RT-LAMP, é capaz de identificar a presença do SARS-CoV2 em amostra de saliva durante o período de infecção ativa do vírus, e o resultado sai mais rápido. Assim como o RT-PCR, ele não detecta os anticorpos de pessoas já recuperadas da doença, mas sim o próprio vírus.

 

 

Atualmente, um dos principais gargalos do combate ao coronavírus é a testagem em massa da população. Isto porque, a testagem ampla, rápida e acessível é fundamental para rastrear o vírus, identificar rapidamente novos casos e impedir a transmissão da doença.

Compartilhar:

Leia Também