Cientistas descobrem novas espécies de peixe em Fernando de Noronha

terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Uma expedição marítima realizada por cientistas brasileiros e norte-americanos no arquipélago de Fernando de Noronha (PE) resultou na descoberta de ao menos quatro novas espécies de peixes, exclusivas do litoral brasileiro, e outras 15 espécies foram registradas pela primeira vez na região.

 

Liderada pela Associação Ambiental Voz da Natureza, com patrocínio da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, o trabalho ocorreu em duas etapas. A expedição permitiu a caracterização dos ambientes profundos de Noronha, uma região sobre a qual ainda se sabe muito pouco.

 

Uma situação que preocupou os pesquisadores são os resquícios de linhas de pesca e cabos de embarcações avistados nos recifes profundos do arquipélago, evidências da existência de atividade pesqueira, com impacto sobre os recifes.

 

O ideal, de acordo com os pesquisadores, é que uma parte dos recifes profundos seja transformada em área de criação de pescado, onde os peixes possam se reproduzir em segurança. O desafio dos cientistas agora é trabalhar com os gestores ambientais e pescadores, buscando estratégias de desenvolvimento sustentável e conservação marinha no arquipélago de Fernando de Noronha.

Compartilhar:

Leia Também