Gás carbônico será matéria-prima para produção do combustível verde

terça-feira, 18 de maio de 2021

Uma parceria entre o Senai, a USP e empresas privadas iniciou um ambicioso projeto com o objetivo de desenvolver alternativas tecnológicas para a produção de combustível verde a partir de gás carbônico.

 

O projeto, denominado CO2CHEM, tem a meta de garantir no futuro o uso de hidrocarbonetos verdes, produzidos com matérias-primas simples: o CO2, eletricidade e água. A estimativa é que o projeto dure dois anos.

 

Ao final do projeto, a previsão é que já se tenha uma unidade piloto, do tamanho de um contêiner, que possa ser transportada para lugares onde existam grandes produtoras de CO2, como unidades de cimento, para a produção das primeiras gotas de combustível renovável.

 

Sob essa ótica, o projeto pode contribuir para atingir as metas firmadas no Acordo de Paris, fornecendo tecnologia brasileira. As atividades produtivas deveriam consumir mais dióxido de carbono do que emitir. A produção do combustível verde consome várias moléculas de CO2, tirados da atmosfera e substituindo a gasolina, que aumenta a concentração de dióxido de carbono.

Compartilhar:

Leia Também