Com apoio do Ministério da Defesa, universidade do Paraná desenvolve túnel de desinfecção para fronteiras e indústrias

quarta-feira, 29 de julho de 2020

 

Um túnel de desinfecção com ozônio úmido está sendo desenvolvido por pesquisadores da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, em Curitiba.

 

A iniciativa está na fase final e, após ser aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), poderá ser utilizada como medida de combate à Covid-19 nas fronteiras e indústrias do Brasil.

 

O projeto é desenvolvido com apoio do Ministério de Defesa e patrocinado pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná, que investiu cerca de R$ 250 mil na pesquisa científica.

 

Após a aprovação da Anvisa, o túnel deverá ser instalado nas regiões de fronteira do país, como na Ponte Internacional da Amizade, no Paraguai, e na Ponte Internacional da Fraternidade, na Argentina, que ligam os países a Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

Compartilhar:

Leia Também