Competição universitária quer desenvolver carros movidos a hidrogênio no Brasil

sexta-feira, 21 de agosto de 2020

 

Cerca de 150 estudantes de engenharia de 13 equipes trabalham para aproximar os carros movidos a hidrogênio da realidade brasileira.

 

 

Eles fazem parte do SAE Brasil, uma competição para promover o desenvolvimento da tecnologia no país, e ainda capacitar os alunos para trabalharem com uma matriz energética que deve crescer muito nos próximos anos.

 

 

O desafio é organizado pela Sociedade de Engenheiros da Mobilidade, que já realiza outros tipos de competição de estudantes em todo o mundo. Para esse específico, ainda há o apoio da Ballard, empresa canadense que produz as células de combustível para veículos a hidrogênio e da Anfavea, a associação das fabricantes de veículos.

 

 

Nos próximos meses, os alunos das 13 equipes terão que projetar um carro de corrida que seja movido a hidrogênio. Para isso, os estudantes participaram de 9 cursos oferecidos pela SAE. Os projetos serão julgados considerando critérios técnicos e financeiros.

Compartilhar:

Leia Também