Cresce número de negociações coletivas envolvendo o home office

terça-feira, 27 de outubro de 2020

Levantamento da Fipe mostra que o home office está cada vez mais na mesa de negociações entre empresas e sindicatos. E isso ocorre em áreas específicas, como telecomunicações, telemarketing e processamento de dados.

 

 

O total de acordos e convenções coletivas envolvendo o trabalho remoto teve um salto de 236%, levando em conta o ano todo de 2019 e os nove primeiros meses de 2020.

 

 

Em relação à proporção dentro do total, o tema trabalho remoto, que esteve em 2,4% das negociações em 2019, saltou para 15,9% neste ano até setembro.

 

 

O levantamento é do Projeto Salariômetro, que estima para o ano inteiro de 2020 o total de 5,8 mil negociações coletivas envolvendo o trabalho remoto, ou seja, 18,7% de um total de 31 mil.

Compartilhar:

Leia Também