Estudo mostra que Cristo Redentor tem impacto econômico de R$ 1,4 bi

quarta-feira, 20 de outubro de 2021

O Cristo Redentor, que completou 90 anos, além de ser cartão-postal do Brasil, movimenta bilhões de reais na economia do país. É o que aponta um estudo da Fundação Getúlio Vargas.

 

A análise mostra que o impacto econômico anual da atração turística é de cerca de R$ 1,4 bilhão, sendo R$ 861 milhões de forma direta, e R$ 601 milhões, indiretamente. O monumento também impacta na geração ou manutenção de mais de 21 mil empregos.

 

A análise demonstra que a atividade do Cristo impacta todos os 68 setores econômicos brasileiros. Isso porque a atração movimenta os transportes, a alimentação, o comércio, entretenimento, hospedagens e muitas outras áreas.

 

A projeção de impacto econômico para os próximos cinco anos é de mais de R$ 7 bilhões e mais de R$ 900 milhões em tributos.

Compartilhar:

Leia Também