Cultivo de árvores nativas brasileiras gera retorno de até 28% por ano

segunda-feira, 13 de dezembro de 2021

Estudo analisa 40 projetos de plantio de árvores nativas brasileiras em quatro biomas e afirma que há retorno financeiro e também ambiental.

 

Os casos avaliados cultivam mais de 100 espécies florestais e agrícolas, entre nativas e exóticas. A principal análise é a respeito do retorno de investimento, que em média é de 15,8%, podendo alcançar 28,4% ao ano.

 

Além disso, os modelos produtivos com espécies nativas podem retirar de 6,7 a 12,5 toneladas de dióxido de carbono equivalente da atmosfera por hectare ao ano. Eles também reduzem a erosão do solo, melhorando a qualidade da água que chega aos rios e reservatórios.

 

As áreas acompanhadas ocupam mais de 12 mil hectares em oito estados, com predominância nos dois principais biomas florestais do Brasil, Amazônia e Mata Atlântica. A rentabilidade para o produtor é também um indicativo de que o Brasil tem uma grande oportunidade de gerar emprego e renda se aumentar a produção de produtos florestais, como óleos vegetais e alimentos.

Compartilhar:

Leia Também