Desenvolvimento profissional e flexibilidade estão no topo das preferências dos profissionais

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2022

Levantamento mostra que, na visão dos profissionais, as empresas devem construir uma cultura corporativa que priorize principalmente o desenvolvimento profissional e a flexibilidade.

 

Segundo a pesquisa, feita pela rede Linkedin, as empresas precisarão ajustar e reinventar suas culturas para atender às expectativas dos profissionais, que buscam um tratamento ainda mais humano.

 

As principais preferências apontadas são oportunidades de desenvolvimento profissional, flexibilidade, saúde mental e bem-estar; e treinamento de gestores para liderança de equipes remotas e híbridas.

 

Um dos pontos do levantamento é a ascensão dos millennials e da geração Z na força de trabalho, aliada às mudanças provocadas pela pandemia e a aceleração da automação. Isso significa dizer que as companhias terão que redefinir suas culturas corporativas.

Compartilhar:

Leia Também