Desligar câmera durante reuniões online reduz emissões de CO2

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

Estudo recente revela que deixar a câmera desligada durante uma videoconferência pode reduzir significativamente os danos ambientais.

 

Segundo o estudo realizado por duas instituições americanas, uma hora de videoconferência, por exemplo, emite entre 150 e 1000 gramas de dióxido de carbono e requer de 1 a 12 litros de água.

 

Deixar a câmera desligada durante a chamada de vídeo pode reduzir essas pegadas em 96%. Outro dado é a respeito do streaming. Optar por definição padrão, em vez de alta definição, em aplicativos, pode trazer uma redução de 86% nas emissões de CO2.

 

O estudo é o primeiro a analisar as pegadas hídricas e terrestres associadas à infraestrutura da internet. A equipe estimou as pegadas de carbono, água e terra associadas a cada gigabyte de dados usados em 18 plataformas, entre elas Zoom, You Tube, Instagram e TikTok.

Compartilhar:

Leia Também