E-commerce faz crescer locações de galpões durante a pandemia

segunda-feira, 27 de julho de 2020

 

O comércio eletrônico fez crescer o número de locações de imóveis logísticos (ou seja, galpões) durante a pandemia.

 

A informação faz parte de uma pesquisa inédita do mercado imobiliário comercial brasileiro. E foram as empresas que trabalham com e-commerce as responsáveis pelo aumento da demanda.

 

No Rio de Janeiro, o total de área locada no segundo trimestre de 2020 foi de 74,7% frente a 67,9% no mesmo período de 2019. Já em São Paulo, a taxa de ocupação de condomínios logísticos passou de 82% em todo o ano passado para 81,9% no segundo trimestre deste ano.

 

De acordo com a pesquisa, os números não refletem redução da taxa porque o mercado recebeu 122,8 mil metros quadrados de novos espaços. Entre 2015 e 2020, a locação de condomínios logísticos para o e-commerce quase dobrou em São Paulo. Passou de 254,3 mil m² para 430 mil m².

Compartilhar:

Leia Também