Emoções positivas podem ajudar a diminuir problemas de memória ao longo do envelhecimento

terça-feira, 10 de novembro de 2020

Recente estudo constatou que as pessoas com níveis mais altos de emoções positivas têm menos chances de desenvolver problemas de memória na velhice.

 

Os pesquisadores acompanharam quase 1 mil adultos de meia-idade e idosos por 25 anos. Foram aplicadas avaliações em três períodos: de 1995 a 1996, de 2004 a 2006 e de 2013 a 2014.

 

Os participantes tiveram que relatar o que havia acontecido de bom, de positivo na vida deles nos últimos 30 dias. Depois disso eles fizeram testes de memória e verificaram que, com o passar dos tempos e o envelhecimento, todos tiveram piora da memória, porém em graus bem diferentes.

 

Os indivíduos com níveis mais altos de afeto positivo tiveram um declínio de memória menos acentuado ao longo de quase uma década. O desafio agora é entender a correlação entre as experiências positivas e a boa memória.

Compartilhar:

Leia Também