Empresas apostam em tecnologias sem toque para mundo pós-covid-19

sexta-feira, 15 de maio de 2020

Várias atitudes antes automáticas agora se tornam uma preocupação e o mundo da tecnologia já busca maneiras para evitar o toque em cancelas, por exemplo.

 

Para evitar esse dilema, redes e supermercados começaram a substituir botões por tecnologias de aproximação, que excluem o toque. É um exemplo de escolhas tecnológicas – que as empresas terão de fazer a partir de agora.

 

As alternativas low touch terão de ser adotadas também da “porta para fora” e vão influenciar a relação entre negócios e clientes.

 

É o caso das cancelas de estacionamento e de outros pontos de atendimento, como totens de pagamento e caixas eletrônicos de bancos.

 

A tecnologia sem toque deve ser uma “preocupação central”. A companhia analisa seus processos para evitar que superfícies sejam tocada por um grande número de pessoas. Sem gastar muito, é possível também aumentar a vigilância de determinados comportamentos, como aglomerações de funcionários. Um novo software na câmera pode ser programada para disparar um alarme para dispersar pessoas.

Compartilhar:

Leia Também