Ensino em Tempo Integral tem novas diretrizes

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

Para beneficiar instituições em áreas de vulnerabilidade social e reduzir a repetência e evasão escolar, o MEC lançou novas diretrizes para o Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral.

A partir de agora, o modelo será implantado gradualmente nas escolas. Começará por um mínimo de quarenta alunos na primeira série do ensino médio por escola.

 

Antes eram 120 alunos e podia englobar todo o ensino médio já no primeiro ano de implantação.

 

A meta final do terceiro ano também mudou. Passou de 350 para duzentos estudantes por unidade escolar. O turno noturno também foi pensado. Anteriormente, ao final da implantação, a escola deveria ser toda de ensino integral. Agora também pode ter turmas regulares não-integrais como o ensino para jovens e adultos e o turno noturno.

Compartilhar:

Leia Também